sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

Xuxa & Eu

Inspirada pelo livro Marley & Me de John Grogan, eu resolvi fazer uma singela homenagem a melhor cachorra do mundo, Xuxa.
Minha poodle chegou a minha casa por acaso, um acaso muito bem providenciado por mim e minha irmã Rebeca. Compramos ela sem falar aos nossos pais, com a ajuda de uma tia e um primo, o que causou um pequeno transtorno por parte da minha mãe, mas ligeiramente contornado por meu pai e por nossas lágrimas. Fizemos drama sim, e foi graças a esse drama que Xuxa entrou em nossas vidas.
Ela chegou com a promessa de que seria uma poodle toy (cujo cão mede no máximo 28 cm na altura da cernelha), e foi assim até os seus dois anos mais ou menos, quando ela começou a crescer além do esperado. Quando ela veio tinhamos 10 e 12 anos de idade, há muito já queriamos ter um cachorrinho mas nossos pais não queriam nem pensar nessa hipotese. Então vocês podem imaginar o tamanho da nossa felicidade quando enfim minha mãe disse: “Está bem, ela pode ficar.”
Na primeira noite de Xuxa em nossa casa eu e minha irmã não dormimos, me lembro que eu madruguei, queria ver como ela estava, eu ainda estava meio anestesiada, e a todo momento queria ter certeza de que ela estava realmente ali. Xuxa teve muitos nomes, a cada semana a chamavamos de um modo diferente: Lisa, Cris, Baby, Lupi, etc.. E quando ja estavamos cansadas de escolher um nome pra ela, meu pai começou a chamá-la de Xuxa, no início a gente não gostou muito, mas por comodismo acabamos aceitando.
O RG de Xuxa

Xuxa é uma cachorra tranquila e calma, quando não está latindo desesperadamente a cada barulhinho inaldivel, quando não está fungando a porta parecendo uma asmática, quando não está tentando surrupiar comida, quando não está tentando fugir depois de ter surrupiado comida ou qualquer outra coisa que ela considere comestivel, quando não está tentando morder qualquer pessoa ou animal que ela considere um inimigo mortal, quando não está montando em nossas pernas no período do cio e quando não sai correndo desaforada até o ultimo andar do prédio. Ou seja ela é um anjo... quando está dormindo!
Ela é uma mimada, e quando eu digo mimada, é mimada mesmo. Minha mãe não permite que ela seja contrariada por ninguem. Se ela quer morder até estrassalhar uma blusa, ela vai morder, se ela quiser deitar em cima do travesseiro de alguém, ela vai deitar, ela manda! E se alguem tivesse me dito no dia em que Xuxa chegou que meus pais se apegariam tanto assim a ela, eu diria que era uma mentira deslavada. Mas eis que eu estava enganada, eles se apegaram muito a ela. Eles vivem em função dela, ela é a netinha deles, e como bons avós mimam até não poder mais. Xuxa deita em cima do travesseiro de meu pai, minha mãe não vai a nenhum lugar se Xuxa tiver que ficar só em casa, ela diz que não vai deixar a netinha dela se esguelando de tanto chorar, onde ela vai leva Xú, parece a Paris Hilton com o cachorro a tira colo, só que mais velha e menos rica.
Xuxa se tornou o açúcar da nossa familia, é ela quem faz com que todos caiam na gargalhada, é ela que nos recepciona com pulos de alegriam, um rabo em movimentos frenéticos e lambidas molhadas. É ela que nos defende ferozmente de tudo que considere perigoso, que nos acompanha a cada movimento, que está presente em todos os momentos.
Tem um trecho do livro em que John Grogan diz que um cachorro não se importa com a classe social, raça, ou religião de seu dono, se você der o seu coração a ele, ele lhe dará o dele. E isso é a mais pura verdade, se você estiver disposto a amá-lo ele retribuirá da mesma forma. Eu sei disso porque eu sinto isso, sinto a devoção que Xuxa tem por nossa familia, sinto o amor que ela tem por nós, um amor incondicional, sem interesses, um amor verdadeiro. Talvez alguém pense que eu esteja exagerando por falar assim de uma cachorra, mas se vocês podessem ter uma idéia da importancia que essa simples cachorra tem pra nossa familia, iriam compreender a minha vontade em dedicar esse post a ela.
Xuxa minha pequena cabeçuda, a mamá te ama muito, te ama como jamais imaginou amar um animal, te ama incondicionalmente!

E agora deixo vocês na companhia da reina da minha casa!!

Xú e Eu pouco antes de embarcamos para a Lua

Preguiçosa como sempre

Xú em sua fase hiponga

Love is in the air!

Um grande beijo e até a próxima!

36 comentários:

Sophie disse...

Nooossa que linda.! Sou uma completa apaixonada por animais, sempre, desde a minha infância, quis ter um animal de estimação, mas sempre viha um nã: "Ahh vai incomodar os vizinhos, moramos em apartamento e tal!". Nessa, nunca tive um cachorro. Certo dia, eu voltando à noite do colégio, vi um gato minúsculo correndo atrás de mim. Me segurei pra não ir fazer carinho, ele ia continuar correndo, mas foi inútil. Se ele corresse mais, ia ser bem pra avenida movimentada. Não me aguentei e trouxe :P
Meu pai fez um alarde... hoje é o gato mais mimado que conheço. E pior, genioso. Se você não faz o que ele quer, ele avança.
E sei que falam muito em gato não ser fiel... realmente o cachorro é a criatura mais fiel de todas. Mas eu vejo aqui em casa uma fidelidade dele com meu pai. Meu pai ama esse gato demais e eu percebo que é recíproco! Já comigo ele eh bem felino mesmo... só me aliza qndo pego na comida u.u
Shooow a Xuxa!!!
Esses bichinhos alegram qualquer um!
=***

Sarinha disse...

hehe
quee lindaa sua Xuxa..
quando comecei a ler pensei q era atacando a Xuxa mesmo.. mas depois me afundei neste texto gostoso de ler e percebii que vc é apaxonada por ela né?!
bjaao linda

Da Silva disse...

Bonitas as fotos: Uma cachorra, uma humana, duas gatinhas.

Como eu moro em "apertamento", fica difícil ter um cachorro, mas eu sou louco por viralata.

Beijos!

Mayara Noronha disse...

ooow..Xúú!!!
Merecida homenagem!!
Deu até saudade da minha Luna..ela está de férias lá em Amargosa, podee isso??
uahiuahuiahuihaiuah
Realmente, cachorro é a nossa companhia mais fiel e quem nos ama mais incondicionalmente. O amor mais sincero que ja vi.
Amo minha cachorrinha tb!
E, pelo que acompanho da vida de Xú, ela com certeza tb ama muito a família dela!
:D

Beijo Niquee

Sabrina Jung disse...

Ai que lindo isso, Monique!!!
Nem precisa me dizer, que eu sei o que vc sente. Eu tenho a Tuca, uma Yorquie cheia de vontades, é uma figura!!
Amo ela, como se fosse minha filha.
Vou viajar, ela vai junto, dorme na cama comigo e meu marido, é dona da casa...hehehe.
Como eu já falei num post no meu blog antigo, o blig, você pode não ter nada na vida, mas sempre poderá ter um cachorro. É só vc olhar nas ruas, quantos mendigos que tem seus totós.
Eles só querem uma tigela de comida, outra de água e muito, mas muito carinho!!
Adorei as fotos, a Xuxa é muito fofa!! E vc é muito linda!
Bjkas em vc e na Xuxa!!

Sam disse...

Ahhh, que lindo! Minha paixão é a minha tartaruga (nunca pude ter um cachorro, snif! - tentativadeapelativismoemocionalbarato, hahaha), que foi comprada numa feira (pasme!), onde meus pais ficaram com um tremendo dó em ver um monte de filhotinhos num caixote suuper apertado! Claro que quando a Ceci chegou em casa, quase tive um treco, de tanta felicidade. E, não podendo ter bichos "de pêlo" (ódio de ser alérgica), tenho todos os bichos mais "alternativos",desde periquitos ao Dino, minha iguana...Mas a rainha mesmo é a Ceci!

Beijoos

Pelos caminhos da vida. disse...

Linda a sua Xuxa amiga.

Sou louca para ter uma,mas como moro em apto tenho medo de ela não acostumar já basta nós que nos sentimos presos(morar em apto é isso ai),tem espaço para uma pois onde moro é gde,vou amadurecer essa idéia.

Fim de semana de luz.

bjs.

Patti disse...

Linda ela, uma fofa!
Os animais dão-nos tudo, até o inesperado.

Sammyra Santana disse...

Eheeeyyy, AMEEEEEEEEIIIII o postal com a fitinha do Senhor do Bonfim! Menina do céu, cheguei hoje daí de Salvador! Passei o reveillon aí! eita cidade maravilhinda! quero voltar montes de vezes mais!
Adorei tudinho! Fiquei vendo teu post anterior a esse e relembrando os cantinhos que passei!
Vc mora pertinho do acarajé da Dinha? eu fui lá uma vez, mas pra comer tapioca que tem lá na pracinha (adoro a de carne seca com creme de mandioca, nhammmm!)
Vou te mandar um pedacinho de minha Juazeiro tb, viu? Mas faltou v cmandar o numero do apto. Tem só o numero do predio no envelope... é assim mesmo?
ADOREI DE PAIXÃO!

E quanto ao post de hj, que coisa mais linda é a Xuxa! E mais lindo ainda é o amor incondicional que vc sent epor ela! Eu até tenho vontade de criar um animalzinho, mas não tenho a menor vocação... talvez uma tartaruguinha, quem sabe? rs

Beijo e espera q jaja chega um pedacinho daqui aí!

Pelos caminhos da vida. disse...

Bom dia amiga.

Tem selinho para vc la.

beijooo

Polêmica disse...

Que fofa a tua cachorrinha Monique. Eu já tive uma cachorra e nos períodos de sio minha mãe colocava frauda nela, rsrs. Agora eu só tenho um cachorro e aqui em casa aconteceu a mesma coisa que na sua, cada semana a gente chamava ele de um nome diferente, até que minha irmã começou a chamar meu cachorro de bebê, e finalmente pegou, o nome dele é bebê rs. Ele também é super mimado, bravo e devoa quase tudo que vê pela frente.
Ele também é a alegria da casa!!!

Beijão!

Cαгolinα disse...

Monique eu morri de rir do seu post olha.. aahahaha uma pena que eu nao tenho um bichinho de estimaçao pra fazer uma homenagenzinha...

lindas as fotos da Xuxa ahahah

bjo linda!!

Claudia Pimenta disse...

oi monique! ah, é sempre uma delícia receber sua visita carinhosa! bjs, querida!

JIME disse...

Aqui em casa tenho três vira-latas adotados desde filhotinhos abandonados na rua. Realmente, eles são uns anjos enquanto dormem, pois quando estão acordados eles são umas feras (adoram brincar, destruir, parecem tatú: gostam de fazer buracos no gramado do jardim). São uns amores e obedientes, gostam de ficar perto da gente. Não dá pra imaginar viver sem eles.
Beijos na Xuxa e um beijão pra voce.

Pelos caminhos da vida. disse...

Vim agradecer o seu carinho por mim Monique pode ter certeza que é recíproco.

beijooo.

Jéssica disse...

Que lindo, Monique!*_____*

Tudo que envolve cachorro eu leio, mas ao contrário do livro Marley e Eu li seu post todinho e fiquei babando com as fotos!

Também tenho uma poodle, uma pena que eles crescem tão rápido. Adorava colocar a Capitu deitada comigo, mas eles são tão inquietos!hahaha
Ainda bem que ela foi no fim das contas, aceita em casa. ;D

Um beijo grande! Obrigada pelas palavras!\o/

Conde Vlad Drakuléa disse...

Aqui no castelo eu tenho uma yorkssaura, muito foufa também! E aí lobinha querida!!!! Voltei do meu retiro vampírico! E tu como estás? Beijos para ti e para a Xuxa ^^

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Linda a Xuxa, bem merecedora desta homenagem.
Obrigado pela visita ao meu Rochedo. Espero vê-la por lá mais vezes. Feliz 2009

Thaís A :) disse...

Que linda a Xuxa, e a sua homenagem também :)
Eu ia escrever no blog sobre o meu cachorro também, HAHA! O nome dele é Fred :B

Cuide bem dela, garanto que ela é sua melhor companheira!
Beijão :*

Mandy disse...

Que lindoooooooo!!!

post fofo!!!!

*-*

Eu tenho um poodle, só q macho...
É o maior amor da minha vida!!!

BjO.

Carlinha disse...

Que post mais lindo Mo! Me emocionei!
Eu relutava em ter um poodle, porque sempre os achei chatos, mas eu ganhei um e se não bastasse, veio outro, filho do primeiro.
Eles são Yuki que tem 8 anos e Nhoque que tem quase 6 e posso dizer que eles são meus amores, minhas vidas, meus filhos e sem eles minha vida nãot eria cor nenhuma.
Tão bom tê-los, não é?

Carlinha disse...

Que post mais lindo Mo! Me emocionei!
Eu relutava em ter um poodle, porque sempre os achei chatos, mas eu ganhei um e se não bastasse, veio outro, filho do primeiro.
Eles são Yuki que tem 8 anos e Nhoque que tem quase 6 e posso dizer que eles são meus amores, minhas vidas, meus filhos e sem eles minha vida nãot eria cor nenhuma.
Tão bom tê-los, não é?

Cassius Vallim... disse...

Olá...
Eu ainda não assisti esse filme, nem tão pouco li o livro, mas me falaram que é muito triste... não me falaram o motivo, mas já imagino que o cachorro morra... coitado do Marley, vai encontrar o Bob Marley rs...

Eu adoro cachorro, mas no meu ap não entra de jeito nenhum rs!!!

Bejos minina e um ótimo ano!

Martinha disse...

Que lindo! :)
Os cães são sem dúvida uma grande companhia das pessoas e acompanham muito as suas vidas. ;)
Eu adorei essa história do John Grogan, li o livro e tocou-me. :)
Beijinho Monique *

Sammyra Santana disse...

Daqui pra sexta mando teu postal!

Ah, esqueci de dizer no comentario anterior: a identidade da Xuxa é a melhor! hahahahahahaha

Beijo, linda!

Nina disse...

ahahaha, que fofa!!! rsrsrsrs
até documento de identidade rsrsrs

ainda bem que ela nao se chama Nina, tem um monte de cachorrinha com esse nome agora, rsrsrs

mas tbm, quem manda ser um nome fofo pra cachorro né???

sua xuxa é uma fofucha!!!

Mandy disse...

É horrível se sentir perdida né flor???

Mas depois a gente acaba se achando...

^^

BjO.

Joaninha Bacana disse...

Fofucha de cachorrinha! Diz pra Xuxa que ela arrasou no seu blog!!! :o)
Beijos,
Angie

Carol disse...

Monique, muito obrigada pelo seu comentário lá no meu Blog!É vc quem tem um coração enorme, e isso ficou bem claro nesse seu texto sobre a Xuxa!
Olha, eu entendo muito bem esse seu amor por ela. Eu já tive um cachorrinho que eu amava muito, ele tbm era o rei da minha casa, pena que ele já se foi! Mas ainda quero ter muitos cachorrinhos, pq, como vc mesma disse, eles nos amam incondicionalmente.
Xuxa é muito linda e muito simpática, igual a mãe dela!
Manda um bjo da tia Carol pra ela e outro bjo imenso pra vc!
;***

Janelas do rosto disse...

Nique, owww, animais são mais importantes do que achamos q eles são, essa q é a verdade. Linda a sua homenagem!!

Claudia Pimenta disse...

oi monique! fico feliz que vc esteja gostando dos posts! por falar em moda, estamos em plena temporada brasileira! eu entrei em uma promoção p/ir ao SPFW - basta conseguir (mts) acessos p/os links dos eventos lá no blog! se quiser, acesse os desfiles e as novidades pelo pepper infashion... quem sabe eu não vou cobrir in loco? espero vc! bjs, querida!

Sammyra Santana disse...

eiei, tu já foi ver o filme Marley & Me? Tô doidinha pra ver... me falaram que é perfeito!
Beijo, flor!

Sophie disse...

Obrigada pelas palavras. Foram muito importantes :)
=*

Monica Loureiro disse...

Adorei seu post e sua criatividade....
Muito versátil este blog seu viu ?
Rí pra caramba....

Pelos caminhos da vida. disse...

Um abraço Monique!

beijooo.

SGi/Sonia disse...

Xuxa a Pepita mandou lambidas e mais lambidas.
A Pepita assim como a Xuxa late pelos cotovelos imagina só um encontro das duas? Ia ser um tal de late de cá e rosna de lá...

Beijins:*