sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

Seguindo em frente

39 comentários
Primeiramente eu gostaria de agradecer a todos pelo carinho e pelas palavras de conforto. Me ajudaram muito, nunca vou me esquecer desse apoio.
Estou melhorando, seguindo em frente, a dor ainda machuca, mas não com tanta intensidade, muito dela já se transformou numa bonita saudade, numa lembrança alegre dos bons momentos.
E eu vou continuando, por ela, por mim, por todos. É assim que tem que ser. Vou seguindo o meu caminho, e o blog não pode parar.
Fiquei muito feliz por ter ganho alguns presentinhos durante esse meu tempinho off, e para que eu não acumule tantos quanto da ultima vez, vou postá-los hoje.

-Recebi este selinho da Amizade da Soninha, minha querida amiga, e aí está ele e suas regras:




Selo Continuar Nossa Amizade Em 2009.
Segue suas regrinhas!
Você pode:
Ter 10 amigos.
Rir com 9.
Conhecer 8.
Conversar com 7.
Festejar com 6.
Se abrir com 5.
Contar com 4.
Chorar com 3.
Precisar de 2.
Só não pode esquecer de 1: ***** E U *****
Você está proibido de me abandonar!...Quando você receber esta mensagem,mande para os que você não quer perder a Amizade em 2009...- E se você não mandar para alguém...Significa que não quer mais essa pessoa como seu amigo... Entendeu?- Então envie essa mensagem a todos da sua lista- Assim... você saberá com quantos amigos você pode contar no ano vindouro.- Vou ficar esperando!!

Bom, eu quero manter todas as lindas amizades que fiz nesse mundo virtual, então este selo será repassado para todos os meus amigos da blogosfera!
Muito obrigada Soninha!

-Recebi estes três selinhos da Aninha, uma fofa e também muito querida!
Selo Sobrevivente ao Romantismo
Regras:
“Com este pequeno prêmio pretendemos honraras pessoas que ainda se regem pelo coração,que percebem o que é o verdadeiro amor,que lutam por ele e o conseguem transmitir na sua escrita.”Este prêmio obedece às seguintes regras:1) exibir a imagem do selo,2) linkar o blog pelo qual se recebeu a indicação,3) escolher outros blogs a quem entregar este Prêmio.


Selo Valor, Coragem e Talento

Selo Desafio" Treasured Friends forever"
Regras Básicas a serem feitos:1 - escrever 8 sonhos ou coisas que você deseje fazer no ano de 2009.2 - convidar 8 bloggers para ganhar o selo e responder ao desafio.3 - comentar no blog de quem partiu o convite,4 - comentar no blog de quem convidamos e5 - mencionar as regras aos desafiados

Sonhos de 2009:
1. Fazer a minha tão esperada viagem;
2. Conquistar um objetivo já há muito tempo almejado;
3. Ser mais paciente;
4.Ler no mínimo 10 livros e ver no mínimo 10 filmes esse ano;
5. Me tornar vegetariana;
6. Aprender um novo idioma;
7. Fazer uma tatuagem;
8. Completar no mínimo 3 itens da minha listinha de “coisas pra fazer antes de morrer”.

Mais uma regra quebrada: repasso esses três selos para todos da minha lista do Blogroll.
Muito obrigada Aninha!

-Recebi esse meme muito interessante e curioso do Da Silva, o ogro mais gente boa que existe!
Meme 6 coisas e 6 links. Aí vão as regras:
-Linkar a pessoa que te indicou.
-Escrever as regras do meme em seu blog.
-Contar 6 coisas aleatórias sobre você.
-Indique mais 6 pessoas e coloque os links no final do post.
-Deixe a pessoa saber que você a indicou, deixando um comentário para ela.
-Deixe os indicados saberem quando você publicar seu post.

As 6 coisas aleatórias sobre mim:
1.Durmo com os pés virados para a cabeceira da cama e cabeça virada para o fim da cama. Não sei porque, quando pequena eu não dormia assim, mas um dia eu resolvi mudar a posição, gostei e desde então só durmo assim.

2.Sou extremamente meticulosa ao cortar as unhas dos pés. É porque eu morro de medo de um dia ficar com as unhas encravadas, tenho trauma, minha prima sempre encrava as unhas e ela sofria horrores com isso, então desde pequena morro de medo de me acontecer o mesmo.

3.Bebo muita água. Muita mesmo, demais. Não sei porque, mas não consigo ficar muito tempo sem beber água. Eu tenho uma garrafa de 500ml e a uso para beber água, toda vez que tenho sede eu esvazio a garrafa. Antes eu usava uma garrafa de um litro, mas minha mãe jogou fora. Não posso ver uma propaganda, ou um filme em que alguém esteja bebendo água que automaticamente sinto vontade de beber também. Às vezes minha barriga já está cheia, mas mesmo assim eu ainda quero mais.

4.Tenho constantes crises de riso. Não sei bem como começa, as vezes nem presencio ou participo de uma situação engraçada, pode ser uma coisa boba, mas quando ela aparece fico horas rindo sem parar, incontrolavelmente. É até constrangedor, mas não consigo me controlar, todos que me conhecem sempre ficam me zoando, acho até que já virou uma marca minha, rir de tudo e nas horas mais inapropriadas.

5.Faço promessa para tudo. Pode ser pra encontrar algum objeto perdido ou pra ganhar na mega-sena. E geralmente prometo deixar de comer ou beber alguma coisa. Já fiquei dois meses sem beber refrigerante, um mês sem comer chocolate, seis meses sem comer carne e assim por diante. Quando quero algo eu faço uma promessa pra conseguir.

6.Eu costumo deixar a coisa mais gostosa da minha refeição para o final. E geralmente eu fico pipinando pra estender o momento de degustação. É sempre assim, no almoço, no jantar, nos lanches, etc. Se estou, por exemplo, comendo um acarajé (um exemplo bem baiano) eu deixo o camarão pra comer no final, e sempre como um de cada vez.

Mais um momento rebelde: vou repassar esse meme para quem interessar!rs. Muito Obrigada Da Silva!

Quero deixar um agradecimento especial para meu querido amigo blogueiro Carlos Barbosa de Oliveira que dedicou em seu blog, o Crônicas do Rochedo, um lindo post a mim e a meu blog, e que, com todo seu carinho, mobilizou os seus leitores a me visitarem, o que me encheu mais ainda de alegria.
Carlos, muitíssimo obrigada pelo carinho, ter o nome do meu blog registrado em um post seu me deixou muito lisonjeada. Sou muito fã de seus textos, então você imagina o tamanho da minha alegria em ser elogiada por você!
E retribuindo a essa linda homenagem, deixo aqui registrado que eu adoro o Crônicas do Rochedo, é um blog super interessante, com diversos assuntos e todos muito bem escritos. Vale muito a pena fazer uma visita! Tenho certeza de que todos vão adorar o blog e o autor!

Mais uma vez, muitíssimo obrigada a todos pelo carinho que me dedicaram nesses últimos dias. Foi muito importante pra mim receber todos esse lindos comentários de vocês. Obrigada aos amigos de todo sempre, que mais uma vez reforçaram a minha certeza de que há muita gente boa nessa blogosfera, e obrigada aos novos visitantes, que espero que voltem e fiquem!

Um grande beijo a todos e até a próxima!

terça-feira, 27 de janeiro de 2009

A maior dor do mundo

37 comentários
... É a dor da saudade.
E essa dor se instalou no meu coração desde a tarde de ontem.
Minha cachorrinha morreu, e meu coração está destroçado.

Foi tudo muito repentino, fomos todos pegos de surpresa, e talvez isso tenha contribuído para aumentar essa dor. Xuxa estava bem, ela tinha um probleminha na perna devido a uma queda do sofá, mas já havia sido medicada e não era nada que a impedisse de andar, ela tomava remédio para controlar umas crises convulsivas leves que ela tinha desde pequena, mas que não acontecia com freqüência, fora isso ela era muito saudável, se alimentava super bem, etc. Mas desde a sexta passada ela começou a passar muito mal, vomitava constantemente, não estava se alimentando e mal conseguia ficar de pé. Ficamos muito preocupados e levamos ela a clinica veterinária, lá, depois de alguns exames, o veterinário constatou que ela estava com um tumor no fígado, e que devido ao seu estado ela precisava passar por uma cirurgia urgente. A cirurgia foi marcada para a segunda de manhã, mas infelizmente o câncer já havia atingido o estomago e o pâncreas, e Xú não resistiu.
Quando eu e meu pai fomos buscá-la, o veterinário nos deu a pior noticia que eu já recebi na minha vida. Fiquei sem ar, meu coração tava batendo tão forte, eu já estava muito angustiada horas antes, e era como se eu já soubesse. Quando chegamos em casa foi tão triste, ter que contar, ter que dividir a dor com minha mãe e minha irmã.
Minha mãe está inconsolável, Xú era a grande companheira dela, dormia com ela, estava o tempo todo ao lado dela, era um grude só. Meu pai chorou, pela primeira vez na minha vida eu o vi chorando, foi tão estranho e tão doloroso vê-lo daquele jeito, ele amava aquela cachorra, já chegou a dormir na sala com ela quando minha mãe teve que dormir na casa da minha avó e Xú desesperada por não encontrar minha mãe chorava e não queria dormir. Eu e minha irmã estamos desoladas, de alguma maneira sinto como se ela não tivesse morrido, parece que a qualquer momento que eu virar e olhar pra trás vou vê-la deitada na cama me olhando no computador, ou quando eu for pra sala vou encontrá-la deitada no sofá, bem perto do braço do sofá, a sua parte preferida, é como se a ficha ainda não tivesse caído.
Acho que eu desaprendi a viver sem ela, sem ter que botar o pé na porta ao abri-la para que ela não corresse e subisse até o ultimo andar, sem vê-la ao meu lado toda vez que eu como algo, me pedindo um pouquinho, sem ter que pular os rios de xixi que ela deixava na sala, ou sem ter ela ao meu lado quando eu assisto tv. Eu desaprendi a viver sem Xuxa, desaprendi.
A rotina da minha família era totalmente ligada a ela, os nossos horários, tudo, agora sentimos um vazio angustiante, uma dor interminável. A casa está silenciosa, vazia, ta faltando uma peça fundamental na nossa vida.
Ah, vocês não sabem como dói, como me dói não estar com ela. Minha voz parece que some, não consigo puxar direito o ar, meu estomago fica embrulhado e um nó se forma na minha garganta, minhas lágrimas já não me obedecem, nem sequer me avisam quando vão sair, meu coração está doendo tanto, tem um vazio tão grande dentro dele.
Muitos acham um absurdo eu estar sofrendo tanto por uma cachorra, mas digo a esses que se tivessem uma noção da importância dessa cachorra pra minha família, se tivessem uma noção de tudo que ela representa pra nós, com certeza entenderia o meu sofrimento.
Minha pequena se foi e deixou o meu coração desmontado, deixou a minha vida vazia, e deve demorar pra que eu me acostume com essa ausência.
Ah, minha pequena se você soubesse o tamanho da minha saudade, como sentimos a sua falta. Nós te amos muito, te amos mais do que tudo e fomos imensamente felizes durante os nove anos em que você esteve ao nosso lado. Jamais esqueceremos você, descanse em paz meu bebê.


Eu estou sentindo a maior dor do mundo, pela ausência do ser que me proporcionava o maior amor do mundo.

Uma das ultimas fotos da minha princesinha

Desculpem a minha ausência aqui no blog e a minha falta nos blogs dos amigos, eu não tenho animo pra nada, nem pra escrever, mas prometo que assim que eu melhorar boto tudo em dia, inclusive os presentinhos lindos que ganhei.

P.S.:
Soninha sua cartinha chegou ontem, e foi Deus quem fez com que ela chegasse justo nesse dia, pra me trazer um pouco de conforto e alegria em meio a toda essa tristeza. Adorei cada palavra, muito obrigada pelo carinho.



Um beijo a todos e até.

quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

Carta a Barack Obama

34 comentários
Sr. Obama, Ontem eu vi o seu discurso, estive atenta a todas as suas palavras, como muitos em diversas partes do mundo, prestando atenção no que o homem mais poderoso da nação mais poderosa tinha a nos dizer.
Como dizem por aí: o senhor é bom com as palavras. E talvez tenha sido essa sua facilidade em discursar e a nossa sede mundial por mudanças que me fizeram acreditar no que nos disse. Mas não pense que estou achando tudo lindo e colorido, não. Eu, Sr. Obama, tenho os meus pés bem fincados ao chão. Sei que nada vai acontecer de repente, e sei que essas mudanças podem demorar a atingir outras nações, incluindo a minha. Mas mesmo assim me dou ao luxo de acreditar, de alimentar as minhas esperanças e rezar para que cada uma daquelas bonitas palavras sejam cumpridas com veemência e vigor.
Gostei muito de ver o seu interesse em novas formas de extrair energia, afinal vocês são os maiores emissores de CO2, e como ainda ditam costumes e comportamentos, quem sabe podem dar o exemplo e passar essa idéia adiante?!

“[...]Know that America is a friend of each nation and every man, woman, and child who seeks a future of peace and dignity[...]”

Sr. Obama, essa foi a parte que mais gostei do seu discurso, é, digamos, a parte que me toca. Espero que os Estados Unidos se torne uma nação amiga, a amiga que ainda não é, a amiga que apóia e não explora, a amiga que ajuda e não prejudica. Todos nós sabemos que ultimamente sua nação veio esquecendo de ser diplomática, mas espero que você ressurja com esse bom costume.
Eu acredito que seu povo está mais tolerante, a sua eleição já prova isso, mas ainda há muito que enfrentar, e mais uma vez eu espero que sua nação esteja disposta a isso, a aceitar as diferenças e não impor as suas vontades.
E, diga-se de passagem, estou muito contente com um dos seus primeiros atos como presidente: a solicitação da suspensão de julgamentos em Guantánamo. Acabar com essa “base” em Cuba foi uma das suas promessas, e estou feliz por ver que não esqueceu dela.

Sr. Obama há muito trabalho pela frente, e muitas expectativas também. Lembre-se sempre que os seus atos não interferem somente nos Estados Unidos, interferem no mundo.
Eu tenho plena consciência de que estamos vivendo um momento muito importante na história, e que 2009 vai ser um ano de muitas mudanças, rezo para que essas mudanças sejam positivas.
Te desejo sorte, muita sorte, você vai precisar.
Eu estou esperando essas mudanças, eu não vou esquecer de nenhuma de suas promessas. Boa sorte e muita força!

Monique Lôbo

domingo, 18 de janeiro de 2009

Professores

23 comentários
Durante toda minha vida escolar eu sempre me dei muito bem com os meus professores, eu sempre fui uma boa aluna (nunca fui uma nerd, mas me virava bem!rs!) e sempre gostei de cultivar uma boa relação com os professores (a gente nunca sabe quando pode precisar deles!rs!). Lembro com carinho dos meus professores, às vezes com uma certa nostalgia. Mas nunca tive uma relação de amizade tão grande quanto a que tenho com um professor da época do colegial, meu ex-prof de física e grande amigo Carlito. Alias, professor é meio estranho porque não só pra mim, mas pra todos os alunos ele sempre foi mais um da galera!
Quando eu entrei no colégio, no primeiro ano do colegial, meus amigos, que já estudavam lá, já foram me falando que esse professor era super gente fina, que ele ajudava os alunos, que as aulas dele eram bem animadas, enfim o professor dos sonhos de qualquer aluno. Nunca conheci um aluno sequer que tivesse falado mal dele, ou que não tivesse gostado dele. A sua fama já o precedia. Mas como eu nunca acreditei em contos de fada fiquei apreensiva e ansiosa esperando pra ver qual era a dele. E quando o conheci e assisti a sua aula foi exatamente como me disseram, ele deixou todos super a vontade, brincou sem nos deixar perder o respeito por ele, foi muito legal! Eu simplesmente adorei a aula e a partir daí comecei até a gostar um pouquinho de física!(só um pouquinho neh Cacá! rsrsrs!).
Com o passar do tempo a amizade foi crescendo e se fortalecendo. Nós comemorávamos o aniversário dele todo o ano! Minha mãe era a responsável pelo bolo, que ela fazia com todo carinho, já se sentia intima dele sem nem ao menos tê-lo conhecido!rs! E aí pronto era uma farra!!
Fomos até um pouco responsáveis pelo namoro entre ele e nossa querida amiga e professora de informática Queli, outra professora maravilhosa e amiga incrível. Queli entrou no colégio no mesmo ano em que eu entrei, era a professora nova, logo de cara fizemos uma grande amizade, ela sempre nos ajudava em tudo, nos trabalhos, nas aulas, etc. E além disso sempre esteve com o ombro amigo a disposição, ela sempre tinha um ótimo conselho para os meus conflitos adolescentes!rsrsrs!! E mais uma vez essa relação de amizade foi crescendo. Todos os adoravam e eles retribuíam isso. Carlito sempre dizia que aquela era a melhor turma que ele já havia lecionado, e isso nos enchia de orgulho!!!
E foi assim durante os três anos em que estudei no Colégio Guiomar Pereira, as aulas eram divertidíssimas, a gente fazia horrores, e ele nos acompanhava!! Conversávamos como se nos conhecêssemos há anos, riamos, falávamos mal dos outros, riamos mais, estudávamos, sim! Nós estudávamos também, de uma forma mais legal que a convencional, mas aprendíamos bastante. Nunca mais vou me esquecer das formulas de física por causa de um macete que ele nos ensinou, mas que é melhor deixar em segredo!!
S= So + Vot + at²/2 ( Soraya sortuda você ...rsrsrs!!)
V = Vo + at (Vovôs e Vovós adoram ... rsrsrs!!)
Etc.

Mas eu acho que nós aprendemos muito mais do que os livros podem nos ensinar, estávamos numa fase nova, era um passo para a vida universitária, para o início da vida adulta e com ele, com Queli e com outros grandes professores nós aprendemos o valor de uma grande amizade, aprendemos a contar com o outro, aprendemos a nos tornarmos disponíveis, aprendemos a fazer as coisas em grupo, aprendemos que a vida sempre pode ser divertida se você fizer por onde.
Eu até hoje considero esses três anos os melhores da minha vida, vivi de tudo naquela escola, me conheci, moldei a minha personalidade, aprendi muito, fiz grandes amigos que pretendo levar pra vida toda, e Carlito é um deles.
Um grande e querido amigo que se forma hoje pela segunda vez. Dessa vez pelo curso de Geologia da Universidade Federal da Bahia. E vocês devem imaginar o tamanho da minha felicidade! Ele já cursava geologia quando dava aula lá no colégio, então vimos todo o processo, e poder ver esse processo tão importante na vida dele ser concluído é muito bom, me enche de orgulho e felicidade!!
Infelizmente (e bota mente nisso!) eu não pude ir a sua formatura, queria lhe dar um forte abraço e dizer que estou muito feliz por ele, dizer que desejo toda felicidade do mundo pra ele, que torço para que a cada dia ele conquiste mais e mais coisas, e olha que ela já está começando em ótimo estilo!! Queria dizer que torço muito por ele e Queli, porque sei o tamanho do amor deles! Queria dizer que tenho certeza que o caminho dele sempre será rodeado de muitas felicidades, aqui, no Rio, ou em qualquer lugar, porque ele merece! E como não fui, deixo todos esse meus desejos registrados aqui, para que ele possa ver!
Cacá desculpa a minha ausência, to te devendo essa! Vou até esquecer da minha caixa de chocolate pra ficarmos quites!rsrsrsrs!!
Saiba sempre que essa aluna aqui, sua amiga de sempre torce muito por você e vibra a cada conquista sua!! E que se você sumi de Salvador o bicho vai pegar pro seu lado!!rsrsrsrs!!!

Que todos possam ter a sorte de ter professores tão queridos como eu tive. Faz toda a diferença!

Um grande beijo e até próxima!

quinta-feira, 15 de janeiro de 2009

Pagando as minhas dívidas

23 comentários
Desde a abertura desse blog e do reencontro com meus queridos amigos blogueiros eu venho recebendo muitos presentes!
Adoro todos, cada vez que recebo me sinto mais feliz e honrada, além de ganhar mais confiança pra seguir no meu caminho virtual!
Mas não tenho postado esses presente aqui, por causa de uma certa preguiça aliada a falta de tempo. Mas isso não diminui o valor que todos estes presentes tem pra mim!
E como dizem os sábios: Antes tarde do que nunca!
Então lá vai...

Selinhos recebidos da Aninha

Selinho recebido da Amanda

Selinhos recebidos da

Selinhos recebidos do Conde Vlad

Selinhos recebidos do Thiago

Selinho recebido da Carol

Selinho recebido da Cláudia


Alguns desses selos possuem regras, mas eu vou pedir a permissão para quebrá-las e repassar todos esses selos para todos os blogs do meu Blogroll, ok!

Meme recebido do Bertonie

1- agarrar o livro mais próximo
R= A Cabana (que minha amiga May acabou de emprestar)

2- abrir na página 161

3- procurar a quinta frase completa

4- colocar a frase no blog
R= "Mack virou-se e olhou para a margem oposta."

5- não escolher a melhor frase, nem o melhor livro! Utilizar mesmo o livro que estiver mais próximo

6- passar para cinco pessoas
R= Vou quebrar esta regra e deixar este meme a disposição de quem se interessar.

Desafio recebido da Amanda
Desafio Planeta Mix®
Regra: ASSIM QUE VOCE RECEBER O SELINHO PREPARE UM POST SOBRE SEUS 5 ITENS PROMETIDOS PARA O ANO DE 2009 E INDIQUE PARA 5 BLOGS ESPECIAIS! CERTO? É SO LEVAR O SELINHO PARA O SEU BLOG E PRONTO!

Os 5 itens prometidos pra 2009
1º Ter mais paciência pra esperar as coisas acontecerem
2º Fazer a minha viagem tão esperada
3º Ter mais coragem pra enfrentar as mudanças
4º Ler no mínimo dez livros durante o ano
5º Terminar meu conto
P.S.: Eu já quebrei uma regra desse desafio ao não postar logo que o recebi, então vou abusar e quebrar outra deixando esse desafio a disposição de quem se interessar.

A todos que me presentearam com essas lindas lembranças: muitíssimo obrigada!!!
E desculpe a minha rebeldia repentina em não obedecer a algumas regras!rsrsrs!!

Um grande beijo e até a próxima!

sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

Xuxa & Eu

36 comentários
Inspirada pelo livro Marley & Me de John Grogan, eu resolvi fazer uma singela homenagem a melhor cachorra do mundo, Xuxa.
Minha poodle chegou a minha casa por acaso, um acaso muito bem providenciado por mim e minha irmã Rebeca. Compramos ela sem falar aos nossos pais, com a ajuda de uma tia e um primo, o que causou um pequeno transtorno por parte da minha mãe, mas ligeiramente contornado por meu pai e por nossas lágrimas. Fizemos drama sim, e foi graças a esse drama que Xuxa entrou em nossas vidas.
Ela chegou com a promessa de que seria uma poodle toy (cujo cão mede no máximo 28 cm na altura da cernelha), e foi assim até os seus dois anos mais ou menos, quando ela começou a crescer além do esperado. Quando ela veio tinhamos 10 e 12 anos de idade, há muito já queriamos ter um cachorrinho mas nossos pais não queriam nem pensar nessa hipotese. Então vocês podem imaginar o tamanho da nossa felicidade quando enfim minha mãe disse: “Está bem, ela pode ficar.”
Na primeira noite de Xuxa em nossa casa eu e minha irmã não dormimos, me lembro que eu madruguei, queria ver como ela estava, eu ainda estava meio anestesiada, e a todo momento queria ter certeza de que ela estava realmente ali. Xuxa teve muitos nomes, a cada semana a chamavamos de um modo diferente: Lisa, Cris, Baby, Lupi, etc.. E quando ja estavamos cansadas de escolher um nome pra ela, meu pai começou a chamá-la de Xuxa, no início a gente não gostou muito, mas por comodismo acabamos aceitando.
O RG de Xuxa

Xuxa é uma cachorra tranquila e calma, quando não está latindo desesperadamente a cada barulhinho inaldivel, quando não está fungando a porta parecendo uma asmática, quando não está tentando surrupiar comida, quando não está tentando fugir depois de ter surrupiado comida ou qualquer outra coisa que ela considere comestivel, quando não está tentando morder qualquer pessoa ou animal que ela considere um inimigo mortal, quando não está montando em nossas pernas no período do cio e quando não sai correndo desaforada até o ultimo andar do prédio. Ou seja ela é um anjo... quando está dormindo!
Ela é uma mimada, e quando eu digo mimada, é mimada mesmo. Minha mãe não permite que ela seja contrariada por ninguem. Se ela quer morder até estrassalhar uma blusa, ela vai morder, se ela quiser deitar em cima do travesseiro de alguém, ela vai deitar, ela manda! E se alguem tivesse me dito no dia em que Xuxa chegou que meus pais se apegariam tanto assim a ela, eu diria que era uma mentira deslavada. Mas eis que eu estava enganada, eles se apegaram muito a ela. Eles vivem em função dela, ela é a netinha deles, e como bons avós mimam até não poder mais. Xuxa deita em cima do travesseiro de meu pai, minha mãe não vai a nenhum lugar se Xuxa tiver que ficar só em casa, ela diz que não vai deixar a netinha dela se esguelando de tanto chorar, onde ela vai leva Xú, parece a Paris Hilton com o cachorro a tira colo, só que mais velha e menos rica.
Xuxa se tornou o açúcar da nossa familia, é ela quem faz com que todos caiam na gargalhada, é ela que nos recepciona com pulos de alegriam, um rabo em movimentos frenéticos e lambidas molhadas. É ela que nos defende ferozmente de tudo que considere perigoso, que nos acompanha a cada movimento, que está presente em todos os momentos.
Tem um trecho do livro em que John Grogan diz que um cachorro não se importa com a classe social, raça, ou religião de seu dono, se você der o seu coração a ele, ele lhe dará o dele. E isso é a mais pura verdade, se você estiver disposto a amá-lo ele retribuirá da mesma forma. Eu sei disso porque eu sinto isso, sinto a devoção que Xuxa tem por nossa familia, sinto o amor que ela tem por nós, um amor incondicional, sem interesses, um amor verdadeiro. Talvez alguém pense que eu esteja exagerando por falar assim de uma cachorra, mas se vocês podessem ter uma idéia da importancia que essa simples cachorra tem pra nossa familia, iriam compreender a minha vontade em dedicar esse post a ela.
Xuxa minha pequena cabeçuda, a mamá te ama muito, te ama como jamais imaginou amar um animal, te ama incondicionalmente!

E agora deixo vocês na companhia da reina da minha casa!!

Xú e Eu pouco antes de embarcamos para a Lua

Preguiçosa como sempre

Xú em sua fase hiponga

Love is in the air!

Um grande beijo e até a próxima!

segunda-feira, 5 de janeiro de 2009

São Salvador

28 comentários
“Ah, que bom você chegou, bem-vindo a Salvador, coração do Brasil. Vem, você vai conhecer a cidade de luz e prazer correndo atrás do trio. Vai compreender que o baiano é um povo a mais de mil, que ele tem Deus no seu coração e o Diabo no quadril!”


Minhas amigas Nina e Sabrina deram a idéia de fazermos um post especial sobre nossas cidades, onde nascemos ou residimos, e mostrarmos um pouquinho dela. E eu como boa soteropolitana que sou não poderia deixar de homenagear a minha querida Salvador.


Bandeira e Brasão da minha city linda!

Eu sou uma soteropolitana da gema, nascida e criada em Salvador, no bairro do Rio Vermelho. Adoro minha terrinha, acho lindo cada centímetro de seu território, admiro o povo e a cada dia tenho mais orgulho de ter nascido e de fazer parte dessa cidade.

A história de Salvador começa antes de sua fundação como cidade. Começa quando Diogo Álvares, o Caramuru, naufraga aqui no que hoje é o bairro do Rio Vermelho, encontra os índios tupinambás, casa com a índia Paraguaçu e toda aquela história que vocês conheceram no filme do Selton Melo.

Cena do Filme Caramuru - A invenção do Brasil



Isso em 1510, só em 29 de março de 1549 é que o rei de Portugal da à ordem de fundar a cidade-fortaleza chamada de São Salvador. E foi também no dia 29 de março, coincidentemente, que nasceu a soteropolitana mais ilustre: yo! (rsrsrs!!Modéstia pura!!)
Salvador foi a primeira capital do Brasil, até 1763.

Foi em Salvador que foi fundada a primeira Faculdade do país, em 1808, a Fameb (Faculdade de Medicina da Bahia), o que significou o início da independência cultural do Brasil.

Prédio da Faculdade de Medicina

Como eu já escrevi, eu moro no bairro do Rio Vermelho, um dos bairros mais tradicionais de Salvador, conhecido como o bairro boêmio. O Rio Vermelho também é muito conhecido pela festa de Iemanjá, que é comemorada no dia 02 de fevereiro.

Imagem de Iemanjá – Casa de Iemanjá na praia dos pescadores

A festa é linda, as pessoas colocam suas oferendas na casa de Iemanjá, que fica toda arrumada com um grande balaio cheio de presentes pra a rainha do mar, a fila é enorme pra colocar a suas oferendas, então muitos resolvem colocar os seus barquinhos e seus presentes diretos no mar. Por todo o bairro há barraquinhas de comidas e bebidas, de jogos, há vários palcos espalhados com diversas apresentações de bandas, e tem também os mini-trios com bloquinhos que percorrem o bairro numa grande festa. Desde pequena eu acompanho a festa de Iemanjá, minha mãe adora, é a festa que ela mais gosta porque ela reencontra os amigos de infância, dança e curte até cansar.
Essa é a maior festa de largo aqui de Salvador, e eu ouso dizer que é a melhor!


Praia dos pescadores, ao fundo a Casa de Iemanjá


Diferente da faixa de Gaza, aqui em Salvador as religiões convivem em harmonia, e em muitos momentos elas caminham lado a lado. Por exemplo, os orixás tem os seus santos católicos correspondentes: Santa Bárbara no candomblé é Iansã, Senhor do Bonfim é Oxalá, etc. Um outro exemplo dessa pacifica relação é o fato da Igreja de Santana está bem ao lado da Casa de Iemanjá.

Igreja de Santana e Casa de Iemanjá

Praia dos pescadores, ao fundo a antiga Igreja de Santana

Praia do Rio Vermelho, ao fundo o meu antigo colégio


Praia do Rio Vermelho, em frente ao meu antigo colégio.Essa escultura na pracinha é conhecida como espeto.Não sei o nome original.rs!


Quadras em frente a praia e ao lado da pracinha .

Teatro SESI, em frente à Biblioteca Juraci Magalhães Junior

Estátua Cristóvão Colombo no Largo da Mariquita


É no largo da Mariquita que está um dos mais famosos e melhores acarajés de Salvador, o acarajé de Cira (eu acho que é o melhor, então se vier a Salvador e quiser comer um bom acarajé vá a Cira).

O tabuleiro de Cira fica do outro lado dessa ponte. Essa ponte está sobre o rio Lucaia, o nome do bairro é por causa desse rio.

Praia do Buracão, no canto esquerdo um pedaço do Hotel Íbis, do outro lado fica o Hotel Pestana


Praia do Buracão

A Praia do Buracão foi a praia que mais freqüentei a minha vida toda, desde pequena sempre vamos pra lá, é tranqüila e bem perto de casa. Na praia tem algumas pedras, o que diminui um pouco a força das ondas e forma algumas “pocinhas”, ideal para as crianças pequenas, e tem também o tabuleiro, uma superfície rochosa que fica bem próxima do mar, as pessoas sobem no tabuleiro e pulam no mar, como se fosse um trampolim.


Rua Oswaldo Cruz, uma das principais do bairro do Rio Vermelho, bem pertinho da minha casa!

Seguindo o passeio por Salvador, vamos dar uma passada por Ondina, pela Barra e pelo Campo Grande, que são bem conhecidos pelo carnaval. Ehh! Cheguei na parte boa!! O Carnaval de Salvador! A maior festa popular do mundo!! O carnaval acontece em dois circuitos, o circuito Dodô na Barra/Ondina e o circuito Osmar no Campo Grande.



As gordinhas de Ondina, essas esculturas retratam as três etnias que deram origem ao Brasil, negro, branco e índio, o nome desse monumento é As Meninas do Brasil



Parque Zoobotânico de Salvador, em Ondina

O Farol da Barra, um ponto turístico super conhecido, no interior do Farol funciona o Museu Náutico da Bahia e o seu nome original é Fortaleza de Santo Antonio

Forte de Santa Maria, no Porto da Barra

Teatro Castro Alves, no Campo Grande, em frente à Praça do Campo Grande

Praça do Campo Grande

Monumento ao 2 de julho na praça do Campo Grande



Nessa praça ocorreram vários combates durante a luta pela independência da Bahia, bem ao lado da praça fica o Forte de São Pedro. O monumento que fica no centro da praça é em homenagem aos heróis da luta pela independência da Bahia. Outro lugar que também homenageava essa data tão importante, não só para a Bahia, mas também para o Brasil era o Aeroporto Internacional 2 de Julho, atualmente conhecido como Aeroporto Internacional Luis Eduardo Magalhães, infelizmente o poder de uns fizeram com que um nome tão importante pra nós baianos fosse trocado pelo nome do filho de ACM, que não fez nada pela Bahia, e que ninguém aqui conhecia. Mas pra nós o aeroporto sempre vai se chamar 2 de julho, e que o nosso prefeito cumpra a promessa do mandato passado de devolver o verdadeiro nome ao Aeroporto de Salvador.
Mas voltando ao nosso passeio por Salvador... Eu não poderia deixar mostrar imagens do Carnaval.

Trio de Ivete Sangalo no bloco Coruja no Campo Grande



A avenida fica lotada, os camarotes ficam lotados, as janelas dos prédios são disputadas a tapas. As estruturas dos prédios tremem literalmente, o prédio em que fico todo ano tem nove andares e balança de uma maneira absurda! Porque quando dizem que aqui ninguém fica parado, estão falando sério!rs!

Bloco dos Filhos de Gandhy

O bloco dos Filhos de Gandhy é um dos mais tradicionais do carnaval de Salvador. Ele é composto apenas por homens, todos vestidos a caráter com a roupa, o turbante, os colares e a alfazema. Meu avô saía no bloco, meus tios também saíam e hoje meus primos saem no bloco. E alguns filhos de Gandhy trocam seus colares por beijos!rs!


Meus primos de Filhos de Gandhy

E seguindo o nosso passeio, vamos passar agora por Amaralina, Pituba, Costa Azul, Jardim de Alah, Boca do Rio e Itapuã.

Quartel de Amaralina

Mural feito de pedaços de azulejo, pelo artista Bel Borba, em frente a praia de Amaralina.
Bel Borba tem vários desses murais espalhados pela cidade.

Avenida Manoel Dias da Silva, na Pituba

Igreja Nossa Senhora da Luz, na Pituba, ao lado da Pracinha da Pituba e em frente ao teatro Jorge Amado


Jardim dos Namorados, na orla da Pituba

Parque Costa Azul

Parque Costa Azul

Praia do Jardim de Alah


Jardim de Alah


Aeroclube Plaza Show, na Boca do Rio

Boca do Rio

Sede do Esporte Clube Bahia, na orla da Boca do Rio

Sede do Esporte Clube Bahia, meu time!!!rs!!


Escola Picolino de Artes do Circo


A Escola Picolino de Artes do Circo faz um trabalho muito bonito aqui em Salvador, a 20 anos eles ensinam a crianças, jovens e adultos de todas as classes sociais, inclusive crianças vindas de projetos sociais. Trabalham com arte, educação, cidadania, música, espetáculos, esses alunos são formados pelo circo e vão trabalhar em várias companhias de circo no Brasil e no mundo.


Pista de Bicicross, em Pituaçu

“...Passar uma tarde em Itapuã. Ao sol que arde em Itapuã. Ouvindo o mar de Itapuã . Falar de amor em Itapuã...”

Estatua de Vinicius de Moraes, na Praça que leva o seu nome em Itapuã

Farol de Itapuã, sobre a pedra de Piraboca

“Fui no Tororó, beber água e não achei .Encontrei bela morena que no Tororó deixei .Aproveite minha gente, que uma noite não é nada .Se não dormir agora, dormirá de madrugada...”

Dique do Tororó


O Dique do Tororó é uma lagoa artificial que fica ao lado da Fonte Nova, aquele estádio que desmoronou uma parte da arquibancada, muito triste, enfim, o Dique foi feito ainda na época do Brasil colônia, com uma função defensiva. As estatuas dentro do Dique representam os Orixás.

Agora vamos dar uma passada no centro histórico de Salvador...


Monumento A Cruz Caída, na Praça da Sé

Praça da Sé


Praça da Sé


Ladeira do Pelourinho


O nome Pelourinho se refere ao lugar em que se castigavam os escravos. O conjunto arquitetônico do Pelourinho é colonial, barroco português. Aqui em Salvador quando se está escrevendo e começa a descer ou a subir com as palavras, sem acompanhar uma linha reta, diz-se que está subindo ou descendo a ladeira do Pelô!rs!

Baiana do acarajé, se vier em Salvador e não provar um acarajé não vai ter valido a pena ter vindo!

Palácio Rio Branco



O Palácio Rio Branco é o antigo palácio do governo, fica na Praça Tomé de Souza junto a Prefeitura, a Câmara e ao Elevador Lacerda.


Câmara Municipal


Prefeitura de Salvador


Elevador Lacerda

O Elevador Lacerda liga a cidade alta à cidade baixa, ele tem 72 metros de altura e leva 30 segundos pra fazer todo o percurso. A última vez que eu usei o Elevador Lacerda eu paguei R$ 0,25, não sei quanto está agora.
Na parte baixa da cidade, logo em frente ao Elevador Lacerda tem a fonte Mario Cravo, presente em vários postais e fotos da cidade. Meus amigos a apelidaram carinhosamente de “Ovos de ACM”,rsrsrsrs!!!

Fonte Mario Cravo


Em frente ao Elevador Lacerda fica o Mercado Modelo, um dos centros de comercio mais antigos de Salvador, com duzentas e poucas lojas que vendem artesanatos e coisas da Bahia, além dos restaurantes. Na parte de trás do Mercado Modelo tem sempre apresentações de capoeira, etc.


Mercado Modelo


Logo atrás, em plena Baía de todos os Santos, fica o Forte São Marcelo. Ele é o único no país com essa forma redonda e foi inspirado no Castelo de Santo Ângelo (Itália) e na Torre de Bugio (Portugal). Pra chegar ao Forte é bem fácil, é só ir ao porto que fica perto da parte de trás do Mercado Modelo, desembolsar R$ 10,00 (era esse preço na vez que eu fui) e pegar um barquinho que te leva até o forte numa viagem de uns 20 segundos, rs! Quando você entra já da de cara com dois bonecos vestidos com as fardas dos soldados de antigamente, tem um guia que te leva por um tour pelo forte. Tem as salas onde eram as celas, e nessas salas, ex-celas, tem preso as paredes os nomes dos presos mais famosos que passaram por lá, como por exemplo, Bento Gonçalves. Tem uma sala com uma maquete da Salvador de antigamente, tem também umas telas com um controle manual em que você pode fazer um tour pela Salvador de antigamente em 3D. E fora toda a beleza do forte, recém reformado, que é de tirar o fôlego.

Forte de São Marcelo


Salvador vista do Forte

Igreja da Conceição da Praia, padroeira da Bahia, que fica na Calçada, onde ocorre a Festa de Nossa Senhora da Conceição da Praia


A Festa de Nossa Senhora da Conceição da Praia é a festa religiosa mais antiga do Brasil, desde o ano de 1550.

Igreja do Senhor do Bonfim


A Igreja do Bonfim é uma das mais tradicionais da Bahia, e o Senhor do Bonfim é o padroeiro dos baianos.
Todo ano acontece à lavagem das escadarias da Igreja do Bonfim, uma grande festa onde as baianas munidas de água de cheiro, vassouras e flores, fazem a lavagem das escadarias. E junto com a festa religiosa tem a festa profana, o Bonfim Light, uma festa com vários shows.

Fitas do Senhor do Bonfim


As tão conhecidas fitas do Senhor do Bonfim, quem vem a Salvador sempre leva uma. Quando se coloca a fita no braço, tem que dar três nós e a cada nó fazer um pedido, quando a fita se romper por si só os três pedidos são realizados!!
E chega ao fim o nosso tour por Salvador, espero que todos tenham gostado de conhecer um pouquinho sobre minha cidade linda!! E venham visitar Salvador!!


Um grande beijo com cheiro de dendê!!!
E até a próxima, meu rei!rsrs!!